Pleito da Asfabe é atendido e Bandeprev decide não cobrar o atrasado dos 0,91% dos assistidos

ASFABE INFORMA

A Diretora Superintendente da Bandeprev, Isolda Paurá Jardelino, encaminhou documento ao presidente da ASFABE, Reginaldo Dias, informando que o pedido feito pela Associação foi atendido e que não será descontado dos assistidos o atrasado da diferença de 0,91%, como havia sido determinado pela Mercer.

Ela explicou que a diferença seria cobrada de 1.660 participantes assistidos, que tiveram reajuste maior no ano de 2006. Desde que o erro foi descoberto, o assunto foi discutido e na conclusão dos entendimentos com a Mercer, ficou estabelecido que outra forma seria determinada.

Sendo assim, os valores serão recompostos sem que fosse necessário cobrar dos participantes assistidos e pensionistas os valores recebidos a maior no período anterior.