Site institucional dos ex-funcionários do Banco do Estado de PE

Notícias

Compartilar notícia no facebook Compartilar notícia no twitter Compartilar notícia no whatsapp

Asfabe tem histórico de intensas lutas em defesa dos Direitos dos Aposentados do Bandepe

A Associação dos Funcionários Aposentados do Bandepe foi fundada há 35 anos, por um grupo de colegas, com o intuito de criar um espaço onde pudessem se encontrar para lazer e manter os contatos com os antigos companheiros de trabalho.

Nos últimos 25 anos, no entanto, a ASFABE foi obrigada pelas circunstâncias, a se transformar numa entidade de defesa dos Direitos e Conquistas obtidos em décadas, ameaçados pelo Patrocinador.

A primeira dessas ações aconteceu no ano de 1998. Foi feito um forte movimento com o objetivo de conseguir a implantação dos dissídios coletivos dos anos de 96 e 97. Com muita luta, no dia 31 de julho, foram concretizados 100 por cento do que estava sendo requerido.

Quando do processo de privatização do banco, foram feitas intensas negociações que culminaram com a garantia de pagamento pelos novos acionistas do Plano de Saúde para todos os assistidos. Direito que foi incluído na Carta Proposta de negociação das ações.

Outra ação de muita importância foi a garantia para os Redutores dos Grupos G-1 e G-0 terem a garantia da permanência no banco e na Bandeprev.

Em maio de 2001, contando com o apoio de Luiza de Marillac, diretora de Recursos Humanos do banco, foram feitas relevantes negociações com o objetivo de convencer os dirigentes do ABN Amro Bank a aceitarem a inclusão dos e das pensionistas como usuários da Cooperativa Médica Unimed Recife.

Com o objetivo de conseguir resolver pendências relevantes, a ASFABE passou cerca de um ano tentando marcar uma audiência na Secretaria de Previdência Complementar, o que foi conseguido através da interferência do então deputado federal Carlos Batata. Uma comitiva formada pelo presidente Reginaldo Dias, Albérico Branco, Antônio Ferreira, Volgran Correia e João Carlos foi à Brasília, onde os problemas foram debatidos e as soluções encontradas.

Em 2002, providências legais foram tomadas com o objetivo de diminuir a contribuição dos assistidos para a Bandeprev. O intuito foi alcançado e houve uma diminuição de 15% para 9,75 por cento.

Em 2006, com recursos oriundos das mensalidades dos associados, houve a contratação do escritório Alexandre Maimoni, com sede em Brasília, para elaboração e acompanhamento de processos contra o Banco Santander com o objetivo de garantir os Direitos de todos os aposentados do Bandepe.

A primeira ação foi evitar que o Banco ABN AMRO Real conseguisse retirar o patrocínio da Bandeprev, através de uma Ação Cautelar Inominada com pedido de Liminar acatada pela Justiça.

Logo depois, em 2007, outra Ação Cautelar Incidental impediu que o Conselho Deliberativo da Bandeprev atendesse orientação dos banqueiros e autorizasse a retirada do patrocínio.

Finalmente, a ASFABE entrou na Justiça para impedir a concretização das reformas no Estatuto da Bandeprev, que prejudicam seriamente a governança da entidade e também prejudicam as decisões administrativas com a diminuição do número de integrantes dos Conselhos Administrativo e Fiscal.

Outra aberração praticada pelo Santander e que a ASFABE contesta na Justiça, é a nomeação para os cargos de Diretor Superintendente e Diretora de Seguridade de funcionários do banco que residem e São Paulo.

A ASFABE recorreu à Justiça e obteve vitória foi a decisão do banco de não repassar para a Associação os pagamentos das mensalidades dos associados. Essa medida tinha a intenção de minar nossa situação financeira para que os poderosos banqueiros conseguissem consumar seus intentos.

Com união e o apoio de nossos associados, a ASFABE  manteve-se firme e vitoriosa.

Reginaldo Dias

Por tudo isso é que apoiamos a candidatura de CÂNDIDO para o Conselho Deliberativo da Bandeprev.

« voltar
ATENDIMENTO
Este website utiliza cookies Saiba mais sobre o termo de privacidade.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais.